quarta-feira, 13 de julho de 2011

PARA MINHA NETA ALICIA





ONTEM RECEBI O CONVITE DO MEU FILHO PARA ALMOÇAR EM SUA CASA E MINHA ALEGRIA SE FEZ ANDA MAIOR,QUANDO EM DETERMINADO MOMENTO ESTAVAMOS TODOS SENTADOS NA SALA,E DERREPENTE,DO NADA, CHAMEI O MEU FILHO E DISSE: VEM CÁ MEU FILHO... E ELE SE APROXIMOU AINDA MAIS DE MIM, QUANDO EU O BEIJEI, SENDO TAMBÉM RETRIBUIDA POR ELE.NÃO PERCEBEMOS QUE A MINHA NETINHA DE APENAS HUM ANO E ONZE MESES, NOS OBSERVAVA EM MEIO A SUAS BRINCADEIRA DEIRAS SENTADINHA NO CHÃO À NOSSA FRENTE

PENSANDO QUE ELA FICARIA COM CIUMES, O PAI POR BRINCADEIRA, REPETIU O GESTO, ME DANDO UM MONTE DE BEIJOS NO ROSTO, QUAL NÃO FOI O NOSSO ESPANTO, E ELA NÃO TEVE A REAÇÃO ESPERADA QUE NORMALMENTE SEJA COMUM A TODAS AS CRIANÇAS, EM UM MOMENTO COMO ESTE, E NUMA ATITUDE DE POSSE SEMPRE DIZEM: ”NÃO ELE É SÓ MEU”, AO CONTRÁRIO, ELA SORRIU E REPETIU O QUE ACABOU DE OUVI “MEU FILHO” PELO VISTO,ELA ACABAVA DE DESCOBRI UMA NOVA EXPRESSÃO DE CARINHO E DA PALAVRA (PROPRIAMENTE DITA), O QUE PARECE TER GOSTADO MUITO, POIS NÃO PARAVA DE REPETIR. FOI QUANDO A CHAMEI E DISSE: ELE É SEU PAI E EU SOU A MÃE DELE, ME CALEI, NÃO ENCOMPRIDEI O ASSUNDO, FALANDO DA SUA MÃE E AVÓ MATERNA, PARA NÃO COMPLICAR MUITO, EM SUA CABECINHA

NO MOMENTO EM QUE FOMOS EMBORA, SUA OUTRA VÓ, NOS LEVOU EM SUA COMPANHIA, ATÉ O PORTÃO DE SAIDA DO PRÉDIO... DEPOIS QUE JÁ NOS AFASTAVAMOS, OUVI OS SEUS GRITINHOS QUE DIZIA... ”VOVÓ AGORA VOU VER MEU FILHO”

VIM EMBORA COM A SENSAÇÃO DE DEVER CUMPRIDO, POIS AO QUE TUDO INDICA, DE UMA FORMA DESPRETENCIOSA, ACABEI LHE ENSINANDO, MAIS UMA LIÇÃO DE AMOR,CARINHO E PORQUE NÃO DIZER,DUAS NOVAS PALAVRINHAS PARA SEU DICIONÁRIO RSRSRS”MEU E  FILHO”

2 comentários: