terça-feira, 15 de setembro de 2009

Panelas de pressão mais seguras

Panelas de pressão ficam mais seguras A garantia de qualidade vai ser selo do Inmetro, que indica que o produto passou por testes e que o risco de acidente é quase zero. De 200 fábricas no país, 4 já fazem panelas com as novas normas. Uma das causas mais frequentes de acidentes dentro de casa, aqui no Brasil, deve se tornar menos comum a partir de março do ano que vem. Veja na reportagem de João Carlos Borda. Sobre o fogão uma verdadeira bomba em contagem regressiva. Quando explode, é aquele susto. É como o pneu de um caminhão estourando dentro de casa. Dona Ozília não esquece da cena. “O fogão tinha afundado e a tampa da panela foi parar no forro de um outro cômodo. E isso me deixou muito insegura em relação à panela”, disse a dona de casa Maria Ozília Garcez. No país, são vendidas entre 500 mil e 600 mil panelas de pressão por mês. As próprias fábricas têm nas reclamações dos clientes uma idéia sobre o perigo que se esconde nas cozinhas. “Chega próximo a 2 mil panelas por dia com acidentes”, disse Silvio Nigro, diretor da fábrica. O consumidor não vai mais descobrir em casa se a panela que comprou é segura ou não. A garantia de qualidade vai ser um selo do Inmetro. Ele indica que o produto passou por vários testes e que o risco de acidente é quase zero. Hoje, das duzentas fábricas existentes no país, quatro já começaram a produzir panelas dentro das novas normas. Os fabricantes só vão receber o selo se cumpirem uma lista enorme de exigências. E os testes, nas fábricas, ficaram mais rigorosos. “Mais ou menos em torno de trinta requisitos técnicos. Desde testes de resistência de cabos, abertura de válvulas, testes hidrostáticos para medir a resistência da panela e testes de envelhecimento também da parte elastomérica, ou seja, os anéis de vedação”, disse Arcanjelo Nigro Neto, presidente do Comitê de Estudos da ABNT. Os acidentes com panela de pressão geralmente são causados pelo entupimento de válvulas. O modelo mais comum vendido no país é um com tampa interna e duas válvulas. Para evitar explosões, os fabricantes investem em panelas mais seguras: alumínio reforçado, tampa externa, anel de silicone. Válvulas para controlar a pressão e diminuir o perigo. Agora, dona Ozília já sabe o que observar na próxima compra. “A gente vai, a primeira coisa, prestar atenção no selo do Inmetro”, disse ela. Veja os cuidados que você deve tomar com as panelas de pressão, de acordo com o Inmetro:De setembro de 2009 para produzir as panelas certificadas com o Selo de Identificação da Conformidade do Inmetro e o comércio tem até 01 de março de 2010 para comercializá-las adequadamente. Mas você também deve fazer a sua parte e tomar alguns cuidados importantes: - Mantenha sempre limpa a válvula de alívio da panela, aquela que chia, mantendo-a sempre desobstruída; - Verifique se a válvula não está deformada, decorrente de algum impacto; - Troque a válvula a cada cinco anos e somente em representantes autorizados, e - Durante o cozimento, mantenha o fundo da panela sempre plano, não deixe o cabo da panela fora dos limites do fogão e nem permita que crianças fiquem na cozinha.

Um comentário: