sábado, 20 de março de 2010

# FRASES SOLTAS

Frases soltas, espirituosas e poéticas de um dos nossos maiores poetas, Mario Quintana. * Nós somos o que temos e o que sofremos * Diplomacia: ter a idade da pessoa com quem se fala * Filosofia é, em última análise, a triste arte de ficar do lado de fora das coisas * Que este mundo pode ser que não preste, mas é tão bom de ver. * Nunca me senti bem nas salas de estar. Salas de estar... Mas de estar o quê? * Sonhar é acordar-se para dentro. * Um poeta que se explica parece que está se desculpando. * Não se devia permitir nos relógios de parede esses ponteiros que marcam os segundos: eles nos envelhecem muito mais do que o ponteiro das horas. * Os extrovertidos são julgados normais. Quanto aos introvertidos, chegam a submetê-los a tratamento. Mas para curá-los de quê? De não poderem ser chatos, como os outros? * O passado não reconhece o seu lugar: está sempre presente. * Mas que susto não irão levar essas velhas carolas se Deus existe mesmo. * Amizade: quando o silêncio a dois não se torna incômodo. Amor: quando o silêncio a dois se torna cômodo. * Não gosto de estar dormindo nem de estar morto perto de ninguém. * Decifrar palavras cruzadas é uma forma tranquila de desespero. * O pior dos problemas da gente é que ninguém tem nada com isso. * Com o tempo, não vamos ficando sozinhos apenas pelos que se foram: vamos ficando sozinhos uns dos outros. * Beijos!

Um comentário: